Na composição do Isobloco tem isopor?

Não. O prefixo “ISO” vem de Isotérmico, que significa isolamento de altas e baixas temperaturas, tornando o ambiente interno, termicamente, confortável.

O Isobloco aceita todos os tipos de revestimento?

Sim. Pode ser aplicado todo tipo de texturas e os revestimentos cerâmicos podem ser colados diretamente no Isobloco, não necessita de chapisco ou reboco.

Como são aplicadas as instalações elétricas?

Pode passar por dentro do rasgo fêmea/fêmea ou fazer os cortes com makita.

Como são aplicadas as instalações hidráulicas?

Fazendo os cortes com makita.

As sobras de cortes e pequenas perdas vão para o descarte em container/caçamba de resíduos?

Não. Todas as sobras podem ser reaproveitadas em argamassa ou concreto magro. Sendo também reutilizada para fechar os próprios rasgos das instalações.

Como faço para reutilizar as sobras?

Triturando em pó, adiciona cimento e água e faz uma massa que pode ser usada para fechamento dos cortes das instalações.

Triturando em pedras, pode adicionar ao concreto magro como se fosse brita.

O Isobloco precisa de chapisco e reboco?

Não. A Isomassa substitui o chapisco e o reboco. A Isomassa é um produto de base acrílica, por isso já é considerada uma etapa de pintura.

A Isomassa finaliza o serviço?

Sim. A aplicação da Isomassa é feita por pintores, sendo aplicada com desempeno de aço. Após a aplicação é só lixar e pintar.

Qual a melhor ferramenta para cortar o Isobloco?

Pode usar serrote ou makita, sendo a makita o mais rápido e menos cansativo.

É preciso mão de obra especializada para fazer as paredes de Isobloco?

Não. O Sistema Isobloco é simples de aplicar. Por exemplo: um pedreiro que faz tijolos ou cerâmica aprende com um pequeno treinamento de 2h.

Eu consigo economizar na estrutura e nas fundações?

Sim. O Sistema Isobloco é 4 vezes mais leve que o tradicional tijolo e reboco. A redução de custo em aço e concreto pode chegar até 25% do previsto com os sistemas convencionais.

Posso pintar diretamente no Isobloco?

Sim. O Sistema Isobloco é impermeável e a tinta utilizada apenas terá função estética.

Posso deixar o Isobloco aparente?

Sim. Por ser impermeável não há necessidade de nenhum revestimento de impermeabilização. Apenas recomendamos a aplicação de resina acrílica, a mesma utilizada em telha, pedra e ardósia.

Minha casa é muito quente, o Isobloco resolve isso?

Sim. Se o seu problema for em paredes, basta fazer um revestimento com o nosso produto Vedabloco de 2,5 ou 3,5 cm de espessura.

É preciso arrancar o reboco que já existe para aplicar o Vedabloco?

Não. Pode aplicar diretamente sobre o tijolo ou sobre o reboco já existente. No caso de aplicar sobre o reboco, recomendamos picotar o mesmo para aumentar a aderência.

Como se aplica o Vedabloco?

É feito de forma similar a aplicação de cerâmica.

Qual a durabilidade do Isobloco e/ou Vedabloco?

Pode chegar a ter uma vida útil de 100 anos. Porém, em termos de durabilidade atende e ultrapassa as normas brasileiras.

Minha casa é muito úmida e com mofo, o Isobloco resolve isso?

Sim. O Isobloco é um material salubre, permitindo a regulação da condensação interna, que é essencial para evitar todos os riscos de umidade excessiva e aparecimento de fungos.

O Sistema Isobloco reduz a quantidade de mão de obra?

Sim. A execução é mais eficiente e rápida porque elimina etapas e o sistema é leve. Sendo necessário apenas 1/3 da mão de obra necessária para executar o sistema convencional de tijolo e reboco.

O Sistema Isobloco é resistente ao fogo?

Sim. Na espessura de 10cm resiste 90 minutos e sua fumaça não é tóxica.

O Sistema Isobloco é amigo do ambiente, sustentável?

Sim. A produção do Isobloco não emite CO2, reduz 80% do consumo de água e todas as suas sobras são 100% reutilizáveis, não gerando resíduos.

O Sistema Isobloco é caro?

Não. Para uma correta análise comparativa deve-se ter a ótica do custo e não preço. Coloque os benefícios em relação aos sistemas concorrentes, a rapidez de entrega a redução de custos de fundação e estrutura e a redução de custos de mão de obra.